sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Minha vida em Sábados

Hoje é sábado.
Desde meu nascimento o observo, literalmente.
Nasci numa sexta-feira de preparação.
Meu primeiro dia na Terra adentrou as horas sagradas.

O tempo me deu muitos aniversários sabáticos.
Em 28/fev/81 vivi o sábado centenário.
No dia 5/set/92 celebrei o sábado de no. 700.
Tive o milésimo sábado em 04/jul/98.
E hoje louvo a Deus por exatos 1.709 sábados de vida.

Por 1.709 vezes Deus me visitou com benção especial.
Por 1.709 vezes me recebeu em Seu santuário.
Por 1.709 vezes me instruiu em Sua palavra.
Por 1.709 vezes me atraiu para Si.
Por 1.709 vezes me salvou.

Sem o sábado, minha história não existe.
E sem ele, não ouso imaginar o que seria.

Não sei quantos sábados ainda viverei.
Mas até que o tempo se complete, aguardo um evento.
E se eu viver até o dia do encontro, os sábados me serão sem pausa, infinitamente.

Um comentário:

  1. Simplesmente fantástico! O sábado é a marca de Deus sobre nós!

    ResponderExcluir